top of page

Semicondutores e a Crise Global

A cadeia de empresas que empregam semicondutores em seus produtos está sofrendo para manter seus níveis de estoque fazendo jus a demanda de produção. Os semicondutores mais críticos vem sendo o da família de microcontroladores e microprocessadores, justamente os itens mais complexos de substituição, uma vez que não são padronizados e possuem software desenvolvidos especificamente para estes.

Inicialmente, o desabastecimento foi causado pelas interrupções das operações das fábricas em todo o mundo como resultado do esforço de reduzir o número de contaminações entre a população. Estas operações já se normalizaram aos níveis “pré-pandemia”, mas a mudança de hábitos dos consumidores e o intensivo uso de eletrônica embarcada utilizada na cadeia automotiva, em média USD 500 por veículo, vem levado a uma nova crise de abastecimento. A mudança de hábitos promoveu a venda de muitos produtos e lançamentos como o 5G , aumento na venda de notebooks e soluções para datacenters (nuvem). Temos que entender que uma mesma fábrica de semicondutores é capaz de manufaturar centenas ou até milhares tipos de semicondutores, com isso, quando a fábrica atinge o gargalo de produção são priorizados os itens de maior valor agregado ou que representam uma parceria estratégica que justifique a priorização. No entanto, a cadeia automotiva, que certamente se encontra entre as parcerias estratégicas está sofrendo mais devido aos cortes que ela mesmo promoveu nas suas programações com a repentina queda de suas vendas no ano passado. Ao recolocar os pedidos, ela acabou por entrar tarde de mais “na festa” e perdeu a prioridade diante de clientes mais cautelosos que mantiveram sua programação.

Entenda-se que o aumento da capacidade produtiva numa cadeia de manufatura tão complexa não é imediato e a incerteza do cenário também não estimula grandes investimentos. Essa situação muito provavelmente se estenderá durante todo o ano de 2021 e as empresas com porte menor que se virem desabastecidas poderão sofrer com essa situação de forma mais acentuada.

É neste cenário que a NUVOTON se coloca como uma excelente escolha para suprir esta demanda, pois possui uma linha de microcontroladores com arquitetura 8051, ARM cortexM0, ARM cortexM23, ARMcortexM4 e AMR9. Ter uma operação “fabless” confere a ela flexibilização de suas operações e tem o suporte da VORLE para desenvolvimento e suporte no Brasil em parceria com a Mastertronics.

56 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page